JILÓ DELÍCIA


CURIOSIDADES E INFORMAÇÕES SOBRE O JILÓ

É boa fonte de vitamina C, vitamina A e cálcio, sendo também rico em vitaminas do complexo B, como as vitaminas B1, B2 e a niacina, particularmente importante para a pele, nervos e aparelho digestivo.
O jiló provoca uma maior secreção de sucos digestivos, auxiliando a digestão dos demais alimentos. Esse fruto guarda também propriedades favoráveis para o fígado, devendo, para surtir o efeito benéfico desejado, ser consumido em refeições sem adição de óleo ou gorduras. Recomenda-se incluí-lo numa dieta redutora de colesterol, juntamente com berinjela e cenoura crua.

Conhecido na América de fala espanhola como “giló del brasil”, o jiló, provavelmente originário da Índia, é abundante na África e no Brasil. É uma fruta, parente da jurubeba e do pimentão.
                                          
                                   
                                         J I L Ó  D E L I C I A

Jiló - o quanto baste

Quando comprar os jilós, escolha muito bem, verificando atentamente, um a um,  se não tem algum furinho, pois ele é como a beringela, quando furado tem sempre algum bichinho.

Lave os jilós, tire a casca (fina), corte em fatias não muito finas, +- 1 cm.  Ponha-os num escorredor, salpique sal e deixe descansar de meia a uma hora +-.  Exprema-os e frite-os em pouco oleo numa frigideira anti-aderente ou numa chapa.
Após todos fritos, arrume numa travessa e cubra com os temperos:   alho (esse não pode faltar), cebola picadinha, cheiro verde, pimenta do reino, oregano, azeitona picadinha (opcional), azeite, vinagre, sal. Mexa e deixe curtir no tempero até o dia seguinte.  É uma delícia, podes crer.



Desse mesmo modo pode se fazer abobrinha e beringela.  Aliás a abobrinha pode ser feita desta maneira, porém crua, cortada bem fininha, postarei a receita mais a frente.

Comentários